• ]
 

O CRIADOURO

        Ao bom e velho Amigo do Homem...


        O Curió sempre esteve presente em minha família. As primeiras lembranças e referências são de meu avô Arquimedes, grande criador, dos mais diversos pássaros, e entre eles sempre estavam presentes bons Curiós.
        Meu pai, Aristides, sempre nos contou grandes histórias vividas pelo meu avô e suas aves e isso alimentava meu desejo em criar. Não demorou muito para eu ter em casa o primeiro pássaro sob meus cuidados. Foi uma grande emoção e ao mesmo tempo muita responsabilidade.
        Criei de tudo...Patativa, Canário da Terra, Pápa-Capim, Caboclinho, Bigode, Chorão, Brejal, Guriatã, entre outros. Quando criança nunca tive a oportunidade de criar um curió, até que um dia, já adulto, surgiu o CURIÓ na minha vida para não mais sair.
        Desde o primeiro até hoje, tive o prazer de conviver com excelentes pássaros. O início da criação foi com o canto regional aqui da Bahia, o nosso grande e belo canto VITETEU, onde consegui encartar muitos pássaros de excelente qualidade de canto e repetição.
        Em 2018, tive o prazer de conhecer o canto Praia Grande Clássico, em visita com amigos da Bahia ao Criadouro Mineirinho, do amigo Dimas, por quem tenho grande admiração, consideração e amizade.
        Nessa mesma visita, o Dimas colocou alguns de seus pássaros para apresentação na estaca, em destaque um pardo chamado Moscow, arrebentando com duas cantadas em sequência de 25 e 26 samaritás cada. A paixão pelo dialeto Praia Grande Clássico foi à primeira vista.
        Ao final da visita, adquiri algumas aves com o amigo Mineirinho e entre elas fui presenteado com a aquisição de um pardo filho do M.Scott x Jordania 3265, e o batizei de M.TYSON, em homenagem ao grande boxeador norte americano.
        Ao chegar na Bahia, o M.TYSON evoluiu muito em canto, muito firme de notas, seguro e com alto poder de repetição, e mostrou-se logo na primeira etapa de competição, ser um apresentador nato, um verdadeiro show na estaca.
        Para minha alegria e dos amigos que acompanharam todo nosso esforço e dedicação, já na sua primeira temporada o M.TYSON sagrou-se Campeão Baiano na categoria Pardo com Repetição e com isso pôde representar a Bahia e o Criadouro Samaritá no grande Torneio dos Campeões, realizado na cidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro.
        A paixão pelo Cúrio tem me proporcionado momentos incríveis ao lado de amigos e familiares e por isso acho que não é a toa que ele é considerado o verdadeiro Amigo do Homem.
        A temporada 2019 está prometendo muito, o M.TYSON está vindo muito bem depois da muda de preto e além disso o Criadouro Samaritá reserva algumas surpresas a serem apresentadas em breve.
        Agradeço minha esposa pela parceria e compreensão, principalmente durante as viajens dedicadas à criação e aos torneios. Peço sempre a Deus que continue nos guardando e abençoando.
        Vida longa ao CURIÓ!!!!






 
 
www.criadourosamarita.com.br - 2019 - Desenvolvimento: